segunda-feira, 19 de março de 2007

VIDA PROLIFERADA

O medo anda
Lado-a-lado kom a vida
A vida dói komo
Pétalas arrankadas
Da virgem
Proliferação
Que as nuvens
Levam perante
O ombro puro
Da montanha
Observada pelo
Sol ardente
E eskaldante
E ao mesmo
Tempo sombrio
Com suas inimigas
E aliadas
Nuvens
Em cima das
Moleiras pensantes
E apátikas
Ke passam de um lado
Para o outro
De um sentido
Para o outro
De uma vida
Para a outra
Sempre andando,
Pensando, chorando,
Sorrindo e as vezes
Flutuando
Nas kalçadas
Da vida
Proliferada

Gordóvski 19/07/06

Nenhum comentário: