segunda-feira, 18 de junho de 2007

Habilitações necessárias para exercer a prostituição...


Este anúncio vem hoje estampado nas páginas do Público.
Num país em que tantos professores ou candidatos a professores estão condenados ao desemprego ou ao subemprego por muitos anos, é inevitável que alguns acabem, em desespero, por recorrer à prostituição para sobreviver.
Serei o último a censurá-los. Cada um faz do seu corpo o que quer ou pode.
Guardo, antes, a censura para quem a merece, os responsáveis por este estado de coisas: Universidades, Politécnicos, Ministério da Educação. Há muitos anos que sabemos que as escolas do país jamais conseguirão absorver todos aqueles que continuam a ser atraídos para os cursos de ensino (e menos ainda a partir de agora, com a elevação da idade de reforma). Todos os anos saem das Universidades e Politécnicos centenas de jovens candidatos à docência que tão cedo não conseguirão exercer a profissão. Que farão entretanto?...
Se estivesse no lugar deles e não tivesse quem me sustentasse, entre a caixa de um supermercado e o serviço de "massagens", não sei, francamente, se não optaria pelas "massagens".
Valha-nos a Autoeuropa ou o M.I.T.!...

Janeiro.2006

recuperado de abnoxio2.blogs.sapo.pt


Fonte: http://abnoxio.weblog.com.pt/arquivo/2006/10/index0

Nenhum comentário: